30 de outubro de 2014

Obelino é favorável a rotatividade no poder

Obelino acredita que a rotatividade no poder cria oportunidade para que pessoas com ideias novas as coloque em prática

O vereador Obelino, além dialogar com a sociedade para criar projetos em benefício de todos, traz para os munícipes discussões que vão de encontro aos interesses daqueles que exercem mandato parlamentar .

Entre os inúmeros discursos durante as reuniões realizadas na Câmara de Contagem, Obelino se posicionou favorável a rotatividade no poder legislativo. Atualmente a restrição para a permanência nos mandatos existe somente para cargos do executivo – prefeitos, governadores, presidente. Nestes casos, depois de um mandato de quatro anos, o mandatário poderá se reeleger por apenas mais um mandato, tendo que ficar de fora do próximo mandato para pleitear novamente a mesma vaga.

Para o poder legislativo – vereador, deputado e senador – a coisa é bem diferente. Sem nenhuma restrição, o parlamentar pode se reeleger quantas vezes quiser.

Tramita na Câmara Federal um projeto de lei que visa limitar o tempo de mandato. Segundo o projeto, o legislador poderá exercer três mandatos consecutivos. Depois desse período ele deverá ficar um mandato fora para ter o direito de disputar novamente, ou então, após o terceiro mandato parlamentar, ele pode pleitear outro cargo eletivo.

Obelino é a favor desse projeto por acreditar que a rotatividade no poder cria oportunidade para que pessoas com ideias novas as coloque em prática.

"Não é razoável que a gente se torne vitalício no poder, democrático é a sucessão de pessoas e de ideias. Nem tanto as pessoas são as mais importantes, mas sim as ideias, essas sim são permanentes ", disse.

A falta de uma legislação que regulamente este tema faz com que alguns parlamentares façam da política uma profissão, permanecendo por anos  em um mandato legislativo.