19 de fevereiro de 2016

Obelino cobra explicação da Prefeitura sobre descumprimento de lei

Prefeitura plantou árvores no entorno do Parque Linear, porém nenhuma é da espécie frutífera, o que infringe a lei que determina que pelo menos 50% seja frutífera

Sancionado em 2014, o projeto de lei nº 4698/14, que estabelece que o plantio de árvores no município deverá ser, em pelo menos 50%, de espécie frutíferas, está sendo descumprido pelo poder Executivo.

A constatação foi feita ao observar que entre as várias árvores plantadas, pela Prefeitura, no entorno do Parque Linear, no bairro Cabral, nenhuma é da espécie frutífera.

O autor da lei, vereador Obelino, apresentou um requerimento durante a reunião plenária realizada na terça-feira, 16 de fevereiro de 2016, solicitando ao chefe do executivo um pronunciamento esclarecendo o motivo da desobediência à lei.

De acordo com Obelino, o objetivo de retornar com as árvores frutíferas à cidade de Contagem é para criar um ambiente acolhedor aos pássaros, que estão sendo afugentados da cidade em função da falta de alimentos proveniente dessas árvores.