18 de junho de 2015

MEI: 10% dos microempreendedores são oriundos do Bolsa Família

Em vigor desde 2009, este modelo engloba empresários que tenham faturamento bruto de R$ 5 mil ao mês ou R$ 60 mil por ano

O Brasil alcançou, neste mês de junho, a marca de 5 milhões de Microempreendedores Individuais (MEI). Em vigor desde 2009, este modelo engloba empresários que tenham faturamento bruto de R$ 5 mil ao mês ou R$ 60 mil por ano.

De acordo com o ministro da Micro e Pequena Empresa, Guilherme Afif Domingos, 10% do total de microempreendedores brasileiros são oriundos do programa Bolsa Família. O MEI é alternativa para formalização e inclusão econômica e social que atende a pequenos empreendedores de forma simplificada, descomplicada e com redução de carga tributária.

Em entrevista ao “Blog do Planalto”, Afif exaltou o interesse dos beneficiários do Bolsa Família na busca por conhecimento para ser utilizado no empreendedorismo e no trabalho.

“A pessoa tem dois caminhos, trabalho com carteira assinada ou ser um empreendedor. Mas ela sabe que a qualificação é muito importante e há uma grande procura pelo Pronatec”, destacou o ministro.

Para o ministro, o MEI é um grande projeto de inclusão econômica, social e previdenciária.

“Primeiro é a formalização, porque a pessoa adquire acesso a previdência, licença maternidade e todos os outros benefícios”, destaca o ministro.

Da Redação da Agência PT de Notícias, com informações do Blog do Planalto