23 de maio de 2014

Dilma triplicou investimentos em segurança em relação a FHC

Atualmente, são investidos R$ 3,6 bilhões por ano, contra R$ 1,2 bilhão no governo tucano

O investimento federal em segurança no governo da presidenta Dilma Rousseff triplicou em relação ao que foi gasto na gestão de Fernando Henrique Cardoso (PSDB). Atualmente, são investidos R$ 3,6 bilhões por ano, contra R$ 1,2 bilhão no governo tucano.

Já no governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva os investimentos foram o dobro da gestão anterior. O petista investiu cerca de R$ 2,6 bilhões ao ano durante seu mandato.

Entre 2011 e este ano, a segurança pública receberá um total de R$ 14,4 bilhões. Nos oito anos em que Lula esteve na Presidência da República, foram R$ 21 bilhões. FHC investiu R$ 9,8 bilhões em seus dois mandatos.

Em recente entrevista, o candidato do PSDB ao Planalto, Aécio Neves, criticou a política de segurança pública do governo federal, mas evitou citar dados para não revelar o pífio desempenho do governo de seu partido no setor.

Seu estado natal, Minas Gerais, também foi alcançado pelos investimentos do governo federal. Em fevereiro deste ano, por exemplo, o estado recebeu R$ 137,4 milhões para construção e ampliação do sistema prisional.

O valor é suficiente para a construção de dez novas unidades prisionais e para a ampliação de cinco mil vagas em unidades já existentes.