21 de novembro de 2014

Desemprego tem queda recorde e fica em 4,7% em outubro

Índice ficou em 4,7% em outubro e apresentou recuo em relação ao setembro, que foi de 4,9%. Se comparado ao mesmo período do ano passado, quando a taxa foi de 5,2%

Pesquisa divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE),esta semana, aponta nova queda na taxa de desemprego. O índice ficou em 4,7% em outubro e apresentou recuo em relação ao setembro, que foi de 4,9%. Se comparado ao mesmo período do ano passado, quando a taxa foi de 5,2%, a redução foi ainda maior.

De acordo com o instituto, o percentual de desemprego registrado em outubro é o mais baixo desde o início da série, em 2002. Além disso, a pesquisa aponta aumento no rendimento médio real dos trabalhadores no último mês. O valor registrado foi de R$ 2.122,10, o maior da série histórica. Em setembro, o valor era de R$ 2.075,39 e no mesmo período do ano passado, R$ 2.041,10.

O levantamento também apresenta alta de 0,8% na população ocupada em outubro, se comparado a setembro. No mês passado, 23,3 milhões de pessoas estavam empregadas, enquanto em setembro, o volume era de 23,1 milhões.

Em relação aos desocupados, houve redução de 3,5% também em comparação a setembro. Segundo o IBGE, a população desocupada em outubro correspondeu a 1,14 milhão de pessoas e em setembro, 1,18 milhão.

A pesquisa realizada pelo IBGE abrange as regiões metropolitanas de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Salvador, Recife e Porto Alegre.