2 de outubro de 2015

Câmara aprova medida provisória que libera mais de R$ 5 bilhões para o Fies

Mais de R$ 4 bilhões são destinados a pagamento de contratos já existentes e para as 61,5 mil vagas abertas em agosto. Outros R$ 578,27 milhões serão utilizados para administrar o programa

A Câmara dos Deputados aprovou, na quarta-feira (30), a medida provisória que libera R$ 5,18 bilhões para o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) em crédito extraordinário. A matéria segue para votação no Senado.

Mais de R$ 4 bilhões são destinados a pagamento de contratos já existentes e para as 61,5 mil vagas abertas em agosto. Outros R$ 578,27 milhões serão utilizados para administrar o programa e R$ 400 milhões para o Fundo de Garantia de Operações de Crédito Educativo (FGEDUC), que dispensa a exigência de fiador para estudantes de baixa renda.

No começo de 2015, o FIES realizou 252 mil novos contratos, com custo total de R$ 2,5 milhões. O Fies é um programa do governo federal que financia cursos superiores em instituições privadas para estudantes de baixa renda.

A medida provisória também libera R$ 35,82 milhões para o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas (Inep) para a realização do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade).

O texto destina ainda R$ 4,6 bilhões para o Programa de Sustentação do Investimento (PSI), criado em 2009 para estimular a produção, aquisição e exportação de bens de capital e inovação tecnológica.

(Fonte: Agência Câmara de Notícias)